Mercado agropecuário e notícias LeBov

Associação projeta ano positivo para a pecuária brasileira

A Associação Nacional da Pecuária Intensiva (Assocon) traçou um cenário positivo para a pecuária de corte em 2018. Para a entidade, o crescimento das exportações de carne é um dos itens que devem puxar a balança comercial do setor. A avaliação foi feita pelo gerente executivo da Assocon, Bruno Andrade, e a informação publicada pelo site do Portal Nacional dos Seguros.

Os dois pilares que sustentam esse horizonte animador, na visão do executivo, são a retomada do crescimento da economia brasileira e a queda da inflação. Ele afirma, porém, ser impossível identificar agora o ritmo deste aumento de demanda. Suas colocações foram feitas na palestra “Indicadores 2018 para o planejamento da pecuária de corte”, em Araguaína (TO).

Sua análise leva em conta o consumo interno e externo, além da oferta de reposição, insumos e abates. Andrade salientou que existe a possibilidade do aumento da oferta de animais para abate, o que pode segurar as cotações do boi gordo e apertar as margens de lucro do pecuarista.

“É importante abordar esse assunto agora para o produtor se preparar para 2018, trabalhando melhor o planejamento e encarando os desafios. Esses indicadores precisam ser acompanhados pelo pecuarista, pois podem mudar e ele ser obrigado a rever sua estratégia. O que é certo é que um bom planejamento e o uso de tecnologias adequadas precisam fazer parte da rotina das propriedades”, observa o gerente-executivo da Assocon.

Voltar