Cofundador da LeBov aponta futuro promissor para a pecuária de precisão
O engenheiro e pecuarista Pedro Martins, cofundador da plataforma LeBov, afirma em entrevista para o nosso canal de imprensa que a rápida transformação do agronegócio brasileiro alterou significativamente os modelos de investimento, a maneira como o produtor trabalha e o próprio uso de seus ativos.

O engenheiro e pecuarista Pedro Martins, cofundador da plataforma LeBov, afirma em entrevista para o nosso canal de imprensa que a rápida transformação do agronegócio brasileiro alterou significativamente os modelos de investimento, a maneira como o produtor trabalha e o próprio uso de seus ativos. Para ele, é essencial que o pecuarista invista na sua propriedade de forma inteligente, apoiando-se nas modernas soluções da tecnologia. O executivo ressalta a importância da tecnologia para modernizar as fazendas e defende uma melhoria das métricas de produção por hectare.

Martins lidera uma equipe de especialistas em inteligência artificial, ao lado do professor universitário e engenheiro de computação Rodrigo Gonçalves. Ambos coordenam um time que está preparado para ajudar o produtor a fazer a transição de sua propriedade para o novo mundo globalizado e altamente tecnológico. Veja trechos da entrevista de Pedro Martins ao canal LeBov.

Quais são os maiores desafios deste setor?

Aumento da produtividade! A pecuária ao longo dos anos, mas principalmente entre 1970 e 2010, cresceu de maneira horizontal, quer dizer, abrindo novas áreas e avançando sobre a floresta. Este período foi caracterizado pela baixa eficiência, pois não importava muito o resultado da atividade pecuária, mas sim os ganhos imobiliários que eram consideravelmente maiores. Porém, já nos primeiros anos deste século, após uma acelerada elevação nos preços de terras no Brasil, o valor do hectare se estabilizou e o negócio deixou definitivamente de ser imobiliário. Assim, para sobreviver na atividade e obter renda compatível com o investimento, o pecuarista tem que produzir cada vez mais por hectare e para isso só há uma saída: o investimento em alta tecnologia.

O que é preciso fazer para se destacar da concorrência neste seguimento?

Nosso negócio é prover alta tecnologia para a pecuária. Trabalhamos com produtos para a chamada Pecuária de Precisão e nos destacamos da concorrência pois somos a única empresa com uma solução completa para o pecuarista. Nossos produtos vão do mais moderno software de gestão pecuária até a produção do nosso brinco eletrônico para identificação animal com tecnologia UHF para leitura a distancia que patenteamos recentemente.

O quanto é importante investir em treinamento de pessoal?

Sem mão de obra capacitada não existe aumento de produtividade! Isso é ponto chave para nossa empresa. É uma questão de sobrevivência no mercado.

O quanto o investimento em tecnologia pode fazer a diferença?

Este é o nosso negócio! Fazemos investimentos em tecnologia constantemente. Trabalhamos sempre na fronteira do conhecimento, assim estamos sempre um passo à frente da concorrência. Em alguns dias lançaremos um novo serviço de inventário de animais a campo com o uso de drones. Isso é inédito no mundo! Outro produto que gosto sempre de destacar é a nossa Balança de Campo. Nós criamos e desenvolvemos a primeira e única balança móvel para ser usada diretamente para pesar os animais a campo, sem trazê-los para o curral. Os bois são monitorados diariamente sem stresse, perda de peso e sem risco de acidentes. Temos muito orgulho desse produto, que é uma de nossas principais patentes.

Quais são as expectativas para o futuro?

Enxergamos um futuro promissor no nosso ramo de tecnologia para a pecuária. O setor é extremamente carente de bons produtos e soluções e é justamente isso que temos para oferecer ao mercado brasileiro e mundial.

Confira nossas notícias também em nossa página no Facebook: (www.facebook.com/lebovapp)

Related Posts

Leave a comment