CNA debate atualização do preço da arroba do boi
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e representantes da cadeia produtiva de carne bovina se reuniram na semana passada, em Brasília, para propor melhorias nos indicadores de preços de comercialização da arroba do boi gordo no País.
reunião CNA - preço da arroba

De acordo com o vice-presidente da Comissão Nacional de Bovinocultura de Corte da CNA, Francisco Castro, a ideia é adaptar este instrumento para que os contratos de compra de bovinos no Brasil levem em conta a realidade dos estados.

“Nós queremos estudar uma forma de melhorar esse indicador para que os produtores rurais de todos os estados brasileiros utilizem mais a ferramenta, uma vez que ele também pauta os contratos realizados na bolsa de valores”.

Para o vice-presidente da Comissão, apesar de o Brasil ser um dos maiores produtores de bovinos no mundo, o índice de comércio na bolsa de valores ainda é muito baixo. “Gostaríamos que o comércio fosse mais efervescente, para pautar melhor o produtor rural, para que ele tenha uma ferramenta a mais de proteção do seu patrimônio, do seu negócio”, disse Castro.

Segundo o sócio-diretor da consultoria Radar Investimentos, Leandro Bovo, a ideia é “sugerir aprimoramentos do modelo, informar preços para que esse indicador represente de forma mais real as negociações que estão sendo efetuadas no mercado físico”. Durante a reunião, também foi destacada a dimensão da produção de bovinos no Brasil e a necessidade de ter um mercado futuro mais forte em bolsa.

“Na realidade, o mercado futuro agropecuário brasileiro ainda é pequeno. Em um país como o Brasil, nós precisamos ter um mercado de commodities geral mais forte, com mais liquidez e a ideia dessa reunião proposta pela CNA foi justamente discutir meios de atingir o objetivo de desenvolver esses mercados”, afirmou Leandro Bovo.


Related Posts

Leave a comment